Header Ads

Seo Services

Shimies pelo mundo, uma teoria!

Durante mtas de minhas pesquisas sempre surgem novos questionamentos que se tornam teorias; O movimento mais expressivo da dança do ventre na minha opinião são os shimies pois sua execução exige da bailarina soltura de quadril, força, equilibrio, alongamento, alimentação adequada ( "barriga vazia = shimie sem força") e mto treino.

Cada cultura tem seu tipo de shimie, mas porque o shimie hawaiavano é executado com movimento circular da pélvis e o árabe é executado alternando os joelhos?

Reparem a diferença


Hawaiano



Árabe



Teoria do shimie
Levando em conta que em tempos muito antigos a dança era a representação da natureza, as mulheres observavam e reproduziam os movimentos da natureza em forma de dança para estabelecer uma comunicação com os deuses e deusas.

Analisando a paisagem, a natureza dos país árabes, podemos dizer que muito provavelmente ao observar os ventos batendo em suas tendas, em seus rios ou em suas vegetações, esse movimento de tilintar foi reproduzindo em forma de shimies alternando os joelhos;

Já a paisagem, a natureza do Hawaii é totalmente diferente; Na base de sua cultura, estão os poderosos vulcões que com sua forma de funil e sua força efevercente inspiraram os movimentos circulares dos shimies hawaianos.

Está é uma teoria que eu ainda não comprovei, mas quem sabe em breve eu consiga comprova-lá ;)!

5 comentários:

  1. Gostei do hawaiano. Parece tão soltinho, tão gostoso de se fazer! Muito bonito, e mais delicado que o árabe.

    ResponderExcluir
  2. Bom, vou puxar a sardinha um pouco pro meu lado... hehehe.
    Acho que as diferenças tem a ver com o ambiente sim, mas muito mais em como os povos de relacionam e observam os ciclos da mãe natureza. O Hawaii é dominado por vulcões, mas acho que o shimmie havaiano representa muito mais o movimento circular das ondas, já que o Hawaii é conhecido também por sua ondas maravilhosas de tubos perfeitos e onde nasceu o surf. É fácil ficar de frente para o mar e mover os quadris conforme as ondas vão e vem, encrespando e depois espraiando. Já o árabe pode estar conectado com o ambiente desertíco e as dunas, cujo movimento é diagonal, mas também de vai e vem. Mas aí o vento começa a soprar forte e vc acelera a batida dos joelhos para acompanhar tal força da natureza, ouvindo o vento sibilar em sua ouvidos e os cabelos balançando de um lado para outro.
    Não tenho preferido... acho que depende do lugar e do momento... depende do ciclo em que vivemos...

    ResponderExcluir
  3. Driiiiiiiiiiiiii adorei seu comentário!!!!

    Brigadinha :)

    Bjus

    ResponderExcluir
  4. Nassih, andei passeando por seu blog e resolvi ser mais uma das suas seguidoras.
    A Dança do Ventre é uma das minhas paixões.
    Gostei muito do seu post sobre a teoria do Shimie.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Olá Sandra ,
    Seja Bem-vinda :)

    Um bj

    Nassih

    ResponderExcluir