-->

Bem-Vindas ao

Ventre em Ebulição o despertar alquímico do Sagrado Feminino

Aulas Vivências

Pesquisas

Mitologia das Deusas
Rituais e Vivências
História da dança, da arte, do sagrado feminino
Ventre em Ebulição

O Sagrado Feminino

O Despertar

Mulher, escuta o chamado, A Grande Mãe te aguarda, Pois a dança da criação já começou, Agora tu hás de decidir, Luz ou escuridão? A alma, livre, te suplica o conhecimento, o reencontro, O coração, forte, pulsa e alimenta a conexão outrora perdida, Os pés, firmes, marcam a terra... O ventre, fértil, espera o renascer.

Aulas e Vivências

Dança do Ventre Iniciática

A dança oriental com foco no autoconhecimento e estudos das Deusas

Vivências Especiais

Dancing Mantra, Lua Vermelha e Peregrinação Sagrada

Projetos

Dancenso e Ventre Dançante

Workshops

Dancenso e Ventre Dançante

Os Artigos

Pensamento do dia

Sim, você pode voar! Mas o seu casulo terá de ser abandonado!
                                                     Meredith L. Young-Sowers



Imagens













Pensamento


Será que sabemos dançar?

Será que sabemos dançar? Essa pergunta vem perturbando minha mente à semanas.

Não somos apenas reflexos, repetições de movimentos aprendidos, treinados? 

Como que é  a verdadeira dança? Como alcançamos a nossa dança interna?

Pronto! Será isso, sabemos dançar, quando em contato direto com a dança interna , com a dança que vem da alma? Quando libertas do ego? 

Karlfried, no livro, O culto japonês da tranquilidade, cita a seguinte passagem:
Quem é prisioneiro do estojo de seu ego é atingido pelos ataques do interior e do exterior. Uma vez unido às suas origens, é inexpugnável. Enquanto sujeito ao ego, é um joguete de todas as forças destrutivas; mas liberto dele, é um competente e poderoso protagonista da vida. 

A dança, enquanto marionete do ego, sempre será um combinado de belos movimentos bem treinados; Já quando liberta, sabemos como dança...                     Será? A pergunta não quer calar! 😳😀



ArteTerapia para Mulheres


Vem...


Frase do dia

A dança embala os melhores sobressaltos da vida.

Como Interpretar Sinais Místicos


  • Ele não será isolado e incompreensível. 
  • Você poderá fazer conexões com outras situações, temas atuais da sua vida e outros acontecimentos de maneira clara.
  • A interpretação será intuitiva. 
  • Você não vai precisar de enciclopédias ou grupos de Facebook para interpretarem para você. 
  • A mensagem será automática, e são sempre muito pessoais. 
  • Preste atenção nas repetições. 
  • Se tiver alguma dúvida, peça por uma confirmação, de preferência através de um oráculo. 
  • A imensa maioria das coisas não é um sinal.
  • Pratique exercícios de meditação, visão interior e desenvolvimento da intuição. 
  • Sempre comece à partir da dúvida.

Texto de Flávio Lopes


Animais Sagrados

A raposa nos ensina a olhar com novas perspectivas, persistentes ou antigos problemas. Rituais Celtas, Andy Baggott

Fale Conosco

Skype:

ssmartinelli

Aulas Online:

https://whereby.com/ventre

Email :

aljawhara04@hotmail.com

O autoconhecimento e a dança

O que define uma bailarina não é o quanto ela sabe, e sim o quanto ela se entrega para a dança.