A alquimia da dancenso

By SS Martinelli - quarta-feira, janeiro 26, 2011

Outro dia, meditando, tive um insight ... A dança tem muito o que aprender com o incenso.

A alquimia do incenso parece rotineira e sem mistério, mas se prestarmos bem atenção veremos que por trás da simplicidade há um ensinamento quase que majestoso. Sua pequena e sutil fumaça, desenha no ar movimentos grandiosos e cheios de formas que se desfazem a medida que tomam conta do ambiente.

Assim deveria ser a dança do ventre, um movimento sutil, grandioso, cheios de formas que se dissipam no ar tomando conta das pessoas e de todo o ambiente. A "dancenso" (dança + incenso) instiga os sentidos, desnuda o Eu, desvela emoções, entorpece a alma à ponto de permanecer  na mente por muitas horas após seu término. Isso sim é a verdadeira magia da dança oriental, agora me diz, você já viu alguma bailarina dançar assim? Eu vou confessar que até hoje nunca vi nenhuma bailarina (inclusive eu ) dançar com a alma tão aberta ao ponto de ser considerada uma "dancenso", por que será?

Algumas de vocês devem estar achando este post uma loucura, uma viagem, mas amigas, eu digo que não é loucura muito menos viagem, enquanto nossa alma estiver presa à conceitos, forma física, técnica,  fama, paradigmas, aceitação masculina, ao ego, nossa dança, devo dizer que será linda, as vezes até espetaculosa porém nunca transcenderá, nunca será uma dancenso.

 Bora soltar as amarras? Quem está comigo? 

P.S 1 - Quem já teve o prazer de assistir uma apresentação dancenso,  diz pra gente, se possível coloque o link do YouTube.
P.S 2 -  Quem tá afins de começar 2011 revolucionando sua dança? A partir de hoje coloco em prática o projeto "Dancenso" - ele consiste na busca pelo desprendimento através do autoconhecimento ( escreva em um diário tudo aquilo que você sente que "prende" sua dança, depois, aos poucos tente lidar com eles de forma a eliminá -los) e na busca e divulgação de danças que sejam ou se aproximem do conceito. A divulgação será feita aqui mesmo nesse post, coloque o nome da bailarina e local que vc viu a apresentação nos comentários desse post.  
P.S 3 Torço para que todas participem ;)


  • Share:

You Might Also Like

4 Ebulições

  1. Anônimo26.1.11

    Procure por Karina Iman.

    ResponderExcluir
  2. Não é loucura não.....achei ótimo o post. Na minha opinião você está descrevendo uma epifania....

    "Epifania é uma súbita sensação de realização ou compreensão da essência ou do afeto de alguém. O termo é usado nos sentidos filosófico e literal para indicar que alguém "encontrou finalmente a última peça do quebra-cabeças e agora consegue ver a imagem completa".

    Você pode ter uma epifania dançando/correndo/cozinhando....significa que você está complemente entregue àquela atividade, de corpo e alma, e está fazendo o melhor que existe....

    ResponderExcluir
  3. Ester - Ishtar26.1.11

    Eu chamo isso de plenitude. Estar pleno no que faz - não é estar presente com a consciência das amarras (técnicas, forma física, etc..)- é a essência flamejando como o incenso. Adorei Simone, era o que precisava ouvir. Agora sei que não estou sozinha no meu modo de viver a dança.

    ResponderExcluir
  4. Pela dica da anônimo, achei o link de uma dança da Karina - http://www.youtube.com/watch?v=8egDYKUhsEg o que vcs acham? "dancensou"?

    ResponderExcluir