Header Ads

Seo Services

Lua Negra

Oi dançantes nossa ebulição de hoje é sobre autoconhecimento.

A verdade é que, quanto mais aprendemos, quanto melhor dançamos, mais suscetíveis ficamos para as provações do ego. Uma bela bailarina, provoca luz e admiração, ao mesmo tempo em que provoca sombra e indiferença ... Disso ninguém escapa, o tamanho da nossa luz é o tamanho da nossa  sombra, por essa razão, aquelas que dançam ao lado das Deusas, têm a obrigação de aprofundar o contato com o ego e com todos os elementos inertes na sombra. Só assim, estas, estarão no caminho da vivência do sagrado feminino.

O exercício proposto para entrar em contato com a sombra vem dos rituais da lua.

Lua Negra

Para os egípcios, o círculo negro em volta a lua, simbolizava o espírito durante o ciclo de passagem pelo submundo. Essa passagem, para eles, referia-se ao "o que está escondido."

A lua negra é uma sub-fase que ocorre entre a lua minguante e a lua nova. Nos últimos três dias de lua minguante, a escuridão vence a luminosidade e então na última noite, breu.

Procure no calendário lunar o mês no qual você poderá se dedicar a refletir sobre si mesma, e durante esses três dias de lua minguante, faça as seguintes perguntas:
  • Por que danço?
  • Por que continuo dançando?
  • Qual o meu objetivo na dança?
  • Estou conseguindo atingir meu objetivo?
  • Sim? Não? Por que?
  • Consigo identificar a influência do ego em minha dança?
  • O que faço para melhorar minhas dificuldades?
  • O que faço para melhorar minha vivência?
  • Quem sou eu quando danço?
Depois de respondidas, reflita sobre as respostas e faça uma autoanalise.

QQ dúvida, fale comigo ☝💜





Nenhum comentário