Header Ads

Seo Services

10 passos para a Dança Cabalística


Para simplificar ( simplificar mesmo) , a cabala é um conjunto de estudos místico judaico cujo o objetivo é compreender a natureza divina para que assim possamos transcender nossas limitações. 

Dentro deste estudo existe a árvore da vida, que é a escala para ascensão espiritual, cada sefirot, cada etapa,  impulsiona e ativa determinado setor da vida. Quando estamos integradas, todas essas sefirots estão ativas. E quando conseguimos ativa-las, atingimos todo o nosso potencial. 

A adaptação para a dança do ventre foi feita com base em livros e cursos que fiz, se alguém tiver alguma dúvida, basta entrar em contato.

Bom, borá lá transcender nossa dança.... 

10 passos para a dança cabalística


A primeira coisa que deve saber é que essa prática é uma regressiva, ou seja começamos no 10 até atingir o nível 1. 

Vamos a descrição dos exercícios, tenha em mente que você deve trabalhar em todos os aspectos, físico, emocional e espiritual.



A cabala aplicada a dança do ventre


10. Malchut - Necessidades imediatas = fortifique a base com movimentos primários como shimmies, baladis, twists,  e também braços e tronco. 

9. Iesod - Sonhos e imaginação =  descubra quais são seus desejos, o verdadeiro motivo que você pratica a dança do ventre.

8. Hod - Razão, estudo e comunicação = conheça suas dificuldades, trabalhe em cima delas, peça ajuda se preciso.

7. Netzach - Emoção e prazer  = solte-se do ego, curta a sensação de dançar sem cobranças e pressões.

6. Tiferet - Vitalidade, energia, iniciativa = encontre o seu "ritmo", aquele estilo de dança que te revigora, que te faz sentir viva.

5. Guevudá - Severidade e resistência = persista no seu estilo próprio, não se deixe levar por padrões e modas.

4. Hesed - Benevolência e complacência = respeite e aceite os seus limites. Seja gentil com a sua dança.

3. Biná -  Capacidade de compreender =  aprofunde sua capacidade com o entendimento de quem é você quando dança.

2. Chocmá - Conhecimento e renovação = tenha plena consciência de seus movimentos, e busque sempre a quebra de vícios e trejeitos com a renovação do seu olhar sobre a sua dança.

1. Keter - Espiritualidade =  a partir de agora, a cada dança, deixe que a alma leve o corpo aos movimentos, seja como o rio...



Nenhum comentário