Assim Falou Zaratustra

By SS Martinelli - quinta-feira, setembro 01, 2011

{Do amor ao próximo}

 ... Quando quereis falar bem de vós, convidais uma testemunha; e, quando a aliciastes a pensar bem de vós, vós mesmo pensais bem de vós. Friedrich Nietzsche





Será que precisamos do outro para dizer que dançamos bem?

  • Share:

You Might Also Like

2 Ebulições

  1. Nossa Si..., adorei este post...
    Durante muito tempo me preocupei sobre o que os outros achavam da minha dança... e uma certa vez, fui fazer um evento e dei o meu melhor, me senti dançando lindamente, como eu nunca havia dançado em toda a minha vida e percebi que o público também estava gostando e entrei no camarim e todo mundo me parabenizou, foi quando o mais velho do grupo me disse que minha dança tinha sido fraca e que eu não soube aproveitar o espaço entre outras coisas, foi um balde de água fria, na hora meu semblante mudou e não consegui conter as lágrimas...
    Foi quando ele saiu da sala e um outro integrante olhou para mim e disse : Meu... eu danço aqui a anos e nunca ouvi um elogio desta pessoa, e eu sei que danço bem , você tem que ser segura de sua dança, alguns no caminho vão gostar, outros não..., mas o mais importante é que você sabe que deu seu melhor e aquele momento foi especial para você !!!
    Foi a partir deste momento, que percebi, que cada bailarina tem seu potencial e seu modo particular de executar a dança e que o importante não é ser a estrela principal , mas ser uma estrela na constelação.
    beijo Si... te adoro

    ResponderExcluir
  2. Pri brigada pelo relato, esse integrante tem sabedoria, afinal é humanamente impossivel agradar "gregos e troianos", por isso o que temos que fazer é agradar sempre á nós mesmas!

    Um bj

    ResponderExcluir