Header Ads

Seo Services

Sou Deusa, não sacerdotisa

Sou Deusa
não sacerdotisa.
Meu ventre
abençoado é,
por mais que gritem,
pecadora não sou.
Abaixo da lua
abro os braços.
Não olho a imperfeição
pois esta pertence a razão.
Muitas vezes ando
sobre nunvens,
suave é o equilíbrio.
Não conheço umbral
não insista que fique.
Não importa quantos
muros construa,
todos irei ultrapassar.
Meus fios de cabelos
energizam o pensar.
Nos cílios, cortina
só pisco quando o amor encontro.
Meus pés tocam
o chão em compasso.
Sou sede
Sou terra
Sou alma
Sou fogo
Um dia entenderás minha essência.





Nassih Sari
Plágio é crime (Lei 9610/98)
Se for copiar cite a autora :)

Um comentário:

  1. Sim,a divindade está em nós,e como no outro post,cada uma tem seu tempo,nesse mergulho em si.
    O novo visual do blog está lindo :)
    bjsssssssss

    ResponderExcluir