A pausa e a dança

By SS Martinelli - sexta-feira, abril 29, 2011

Dançar aos ritmos orientais é unir corpo, alma e música, isso todo mundo já sabe, o que talvez precisamos entender e estudar são as pausas.

PAUSA -Do latim pausa-ae, termo que designa uma paragem ou uma interrupção momentânea de sons, movimentos, ações ou discursos. Na lírica, a pausa corresponde à interrupção que assinala a conclusão de um período rítmico. Pode ser ligeira, mais ou menos longa ou total, conforme se trate do final do verso, da estrofe ou do poema. Faz parte das estrutura e unidade rítmicas e melódicas de qualquer composição poética. Não deve confundir-se com a cesura, correspondente ao descanso da voz que marca a separação do verso(...) Fonte


Gente pausa é pausa, é o movimento sem movimento, é a hora que permanecemos imóveis... Esse conceito é por demais complexo para nossas mentes ocidentais, que buscam o movimento incansavelmente, basta assistir á alguns vídeos e notaremos que muitas vezes durante a pausa temos a tendência de movimentar as mãos, a ansiedade não permite o estado de "congelamento". 

Temos que aprender a arte da pausa, do respiro, do não movimento - no link ao lado - Feeling the music, a bailarina exemplifica a pausa, que pode durar meros segundos...

  • Share:

You Might Also Like

3 Ebulições

  1. Perfeito. Peço licença para complementar: as pausas são necessárias para se compreender a situação. Senão, vira tudo uma barulhento "falatório" do qual a única vontade é a de tampar os ouvidos.

    Seja na dança ou não.

    Beijo (gosto do que vc escreve)

    Vivi

    ResponderExcluir
  2. Faz um tempinho que não venho aqui e o layout mudou cooompletamente! :D Ficou lindo!! :)

    ResponderExcluir
  3. Oi Laísa que legal que vc gostou!!! ;)

    ResponderExcluir