Coelho

By SS Martinelli - terça-feira, abril 19, 2011

Aprender a dança com o ventre qualquer uma consegue, aprender a dança com o seu ventre não é para todas. A tal Deusa interior, o auto - conhecimento, a vivência do seu EU pleno enquanto dança, nada mais é do que um mergulho profundo no abismo inconsciente da alma. 

Quem é você? Qual é a sua verdadeira dança? Que movimentos definem sua verdade? São as respostas para estas perguntas que deveriamos buscar e encontrar, mas infelizmente, na maioria das vezes, bloqueamos o acesso deixando o encontro das respostas trancadas e inacessíveis. O que fazer então?

Devemos buscar ferramentas que consigam abrir novamente as portas do EU; Ferramentas como a psicoterapia, psiquiatria, algumas terapias holísticas, para quem acredita, a terapia de vidas passadas, o trabalho com as Deusas, o estudo dos mitos, da simbologia, enfim existem chaves para todos os tipos de portas, as vezes precisamos de mais de uma, as vezes não precisamos de nenhuma, o importante é nunca esquecer de abrir essa porta, alias o coelho da Alice ( já que a páscoa está chegando) tem uma simbologia bem bacana que pode ser a chave de alguém...

A Alice quando cai na toca do coelho é transportada para um outro mundo, cheio de mistérios, aventuras, medos, alegrias e dúvidas. Lá, além de mudar de tamanho várias vezes, ela conhece personagens intrigates e desafiadores; Tudo isso faz com que Alice experimente e conheça sua verdadeira alma, seu verdadeiro EU, ela descobre quem ela é. O país das maravilhas é o inconsciente de Alice, a queda na toca do coelho é o mergulho, a ferramenta que abre a porta.

Parece loucura, não é? Mas para que nossa dança seja realmente nossa precisamos cair na toca do coelho e chegar ao país das maravilhas! 


  • Share:

You Might Also Like

1 Ebulições

  1. Feliz Páscoa para vc também!
    E doces descobertas ;)

    ResponderExcluir