Jardim Perfumado

By SS Martinelli - sexta-feira, março 25, 2011

Todas nós sabemos que a dança do ventre pode equilibrar o chakra básico (é o primeiro chakra, está situado na base da espinha dorsal. Relaciona-se com o poder criador da energia sexual) e com esse chakra equilibrado, além de "abrimos" caminho para a energização dos chakras seguintes, conseguimos lidar livremente e equilibradamente (isso é muito importante) com nossa sexualidade.

Sei bem que esse assunto, por incrível que parece, ainda é um tabu, mas mesmo assim vou dizer: nós mulheres não somos bem resolvidas nessa área. - Somos oito ou oitenta.

Apesar de ser um assunto polêmico (adoro assuntos polêmicos)  não vou discutir sobre isso nesse post, hoje vou supor que todas trabalhamos o equilibrio do chakra básico com a dança do ventre e consequentemente estamos equilibradas!

Você sabia que existe uma versão árabe do kama sutra? O kama sutra é um texto antigo indiano, segundo o escritor Indra Sinha:“Ao contrário do que muitos pensam, o Kama Sutra não é um manual de sexo, nem um trabalho sagrado ou religioso. Ele também não é, certamente, um texto tântrico. Na abertura de um debate sobre os três objectivos da antiga vida hindu - Darma, Artha e Kamadeva - a finalidade do Vatsyayana é estabelecer kama, ou gozo dos sentidos, no contexto. Assim, Darma (ou vida virtuosa) é o maior objetivo, Artha, o acúmulo de riqueza é a próxima, e Kama é o menor dos três.” Aliás outro dia descobri um site super bacana sobre o kama sutra, o kama Sutra ilustrado

Voltando ao assunto, o Jardim Perfumado foi escrito pelo xeique Muhammad Al-Nafzawi no séc. XV, aproximadamente entre os anos 1410 e 1434, em Túnis, capital da Dinastia Haféssida. A obra fora encomendada pelo vizir Muhammad ibn ‘Awana Al-Zawawi para o sultão Abd Al-Aziz Abu Faris (1394-1434).  O livro apresenta opiniões sobre qual qualidades os homens e mulheres devem ter para ser atraente, dá conselhos sobre técnicas sexuais, avisos sobre a saúde sexual, ele dá até receitas para algumas doenças sexuais, tudo isso na visão muçulmana do sexo.

O livro é interessante e vale a leitura a título de curiosidade, pois é um tanto agressivo ao citar as artimanhas femininas!

  • Share:

You Might Also Like

2 Ebulições

  1. hum....adorei o post,e principalmente o que ficou nas entrelinhas e de "gancho" pra novas abordagens,aqui!
    No aguardo,hein?
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  2. Harah, tudo bem? Adooooro seus comentários ;)

    brigada por faze-los!!!
    Grande beijo
    NSari

    ResponderExcluir