Não abrace o capeta

By SS Martinelli - terça-feira, agosto 10, 2010

Lendo um de meus blog favoritos o Samsara, encontrei este texto:

Significado de demônio
Machik-la, qual é especificamente o significado de “demônio”? — perguntou Gangpa Muksang. Filho, escute. Essas são as características dos demônios. Aquilo que é chamado de “demônio” não é de fato algo grande e escuro que aterroriza e petrifica quem o vê. Um demônio é qualquer coisa que obstrua a conquista da liberdade.

Então, mesmo amigos queridos e afeiçoados se tornam demônios, no que diz respeito à liberdade. Mais do que tudo, não há maior demônio que essa fixação a um ego. Porque até que essa ego fixação seja cortada, todos os demônios aguardam com as mandíbulas abertas.

Por isso, você precisa se esforçar em um meio hábil para decepar o demônio da ego fixação. [...]


Machig Labdron (Tibete, séc. XI)


Nesse pequeno grande mundo da dança do ventre, o capeta sempre está presente, seja na inflação do ego, seja na postura de uma professora mau caráter, seja na pretensão de algumas a limitar a expressão artística ditando regras e conceitos que na verdade não existem, seja na competição excessiva por fama e reconhecimento, seja na busca doentia da perfeição.  

Tudo isso leva a um só caminho: abraçar o capeta. Preste atenção e não caia na tentação!

  • Share:

You Might Also Like

0 Ebulições