Header Ads

Seo Services

Madeleine Iskandarian

Achei essa matéria em algum site, não me lembro qual ( se alguém souber a fonte , me avise que coloco aqui). Não sabemos com certeza quem realmente trouxe a dança do ventre para o Brasil, sabemos que foram as americanas as primeiras das américas a terem contato com a dança, e com isso provavelmente de lá veio para cá, afinal durante mto tempo, para não dizer até hoje, somos consumidores maçicos a cultura americana! Tenho certeza que todo mundo já conhece essa história , mas nunca é demais divulga-lá :)

Natural de Belém, Palestina, Madeleine Iskandarian (que adotou o nome artístico de Shahrazad Shahid Sharkey) foi com sete anos para a Jordânia, onde dançava em festas familiares como casamentos, noivados e aniversários. Sempre acompanhada por sua mãe que tocava alaúde, violão e violino, aos oito anos recebeu um convite para estrear em teatro.

O Príncipe Emir Naif, que se encontrava na platéia, convidou Shahrazad para dançar em seu casamento. Ao completar nove anos, ela foi a convidada especial do Rei Abdallah, e dançou em seu palácio, sendo muito aplaudida.

Começou então suas apresentações em público: partiu para Alepo (Síria), onde ficou um ano, e depois para o Líbano, por três meses, fazendo shows em teatros e clubes, seguindo depois para Bagdá. Voltou ao Líbano aos doze anos, e aos catorze já alcançava a fama. Aos dezesseis recebeu um convite para filmar no Egito, mas com a condição de se casar ali, ela recusou.

Encerrando sua carreira artística, casou-se aos dezoito anos e veio morar no Brasil. Possui um casal de filhos. Após doze anos de ausência do mundo artístico, voltou aos palcos dos grandes clubes, teatros, restaurantes, televisão, festas e casamentos.

Viajou pelo Brasil de norte a sul, e todos aplaudiam as apresentações da famosa bailarina e cantora Shahrazad, com suas roupas luxuosas e brilhantes, sua beleza morena e encantadora, e sua especialidade: dançava como ninguém a Dança do Ventre.

Em 1979 trabalhou na Tenda Árabe Bier Maza, e ao mesmo tempo dava aulas de dança e participava de vários shows em todos os clubes e programas de televisão.



Shahrazad é considerada a Mestra das Mestras, pois desde que começou a ministrar aulas, muitas das que hoje são professoras e mestras passaram por suas mãos. E por esta experiência como mestra, desenvolveu um método próprio que visa não apenas ensinar a arte da dança do ventre, mas também o cuidado com o corpo e alma feminina.

Lançou um livro no qual descreve seus movimentos, com fotos e exercícios, inclusive respiratórios, pois a Dança do Ventre é uma ginástica perfeita e excelente terapia para a vida agitada dos dias de hoje. Além de livros, tem uma série de vídeos demostrando o seu trabalho passo a passo. E há muito a ser lançado ainda.

Já foi homenageada inúmeras vezes pela comunidade da dança do ventre Brasileira e Árabe em vários eventos, além de terem sido realizados dois festivais exclusivamente em seu nome.

Continua trabalhando e desenvolvendo seu trabalho com um profundo respeito e amor pela dança, sua cultura e pelas mulheres que transforma com seus ensinamentos.

Nenhum comentário